Caminho espiritual


Ao se engajar-se voluntariamente em um caminho espiritual, você deveria se ver como um passageiro subindo em um trem para um destino de sua escolha. Se durante a viagem você saltar pela janela, ao contemplar verdes vales ou cidades excitantes que oferecem prazeres de todos os tipos e for passear por estradas e caminhos que o levam para longe da sua viagem, você terá dificuldades para retornar o caminho inicial.
Muitos começam um caminho espiritual e simplesmente se deixam levar pela vaidade e fantasia, dogmas e crenças. Acabam se perdendo e criando dificuldades para aquilo que era tão simples e as dificuldades aumentam cada dia mais e ao tentar retornar, terão, antes, que passar por um processo de purificação das energias de consciências inferiores que foram absorvidas durante as outras áreas de interesse.
Talvez você tenha que passar novamente por um processo doloroso de consciência. Muitas vezes, durante este processo, você experimentará uma fraqueza que são as perdas de energias espirituais, resultando numa fraqueza de suas células físicas e muitas vezes podendo até desenvolver uma doença como um caminho de aprendizado.  Muitas coisas vão se materializando na vida daquela pessoa e muitos se perguntam: “Por que isso acontece comigo? Por que eu?”
Não param para pensar que foram elas mesmas que atraíram essa situação para a sua vida porque iremos responder perante a lei da existência tudo o que fizermos. Não podemos deixar a nossa vida em um estado de espera nos distraindo e divertindo, achando que isso não terá nenhuma consequência em sua vida. As pessoas acreditam que o que fizeram hoje fica em uma gaveta em estado de espera e continuam se divertindo sem comprometimento e sem responsabilidade com a própria vida. Acreditando que hoje se converte no ontem e pensando que não terão nenhuma consequência depois em relação ao hoje. Porém, infelizmente, as coisas não são bem assim perante o universo, de repente elas começam a ver surgir em suas vidas a colheita de tudo o que fizeram, pode ser em seis meses, um ano ou até dez anos. Mas, nada ficará impune perante a lei do universo.
Antes de você começar um caminho espiritual, esteja ciente de que você irá até o fim, atentando para o comprometimento a responsabilidade de suas ações.
Na busca deste aperfeiçoamento espiritual é exigido de todos nós um refinamento moral e a reforma intima.


Tradução do livro Cartas de Cristo


Neste momento tão turbulento que vivemos em nosso planeta, urge o tempo na nossa sociedade e em nossa vida de acordarmos a nossa consciência e que nos tornemos mais receptivos, aos chamados espirituais de tomada de consciência em relação a nós mesmos e a tudo que está acontecendo ao nosso redor. Precisamos acordar e começar um intenso trabalho dentro de nós mesmos de amor incondicional, despertando a consciência DIVINA que habita em nós. Por que permanecer em um estado de semi-consciência atual se temos tantos meios e ferramentas para esse despertar?
Porque sem este despertar a consciência irá cada vez mais descendo a níveis obscuros da nossa própria alma, trazendo inúmeras enfermidades, desgraças, transtornos e causando muitos sofrimentos a nós mesmos e ao planeta. Isso leva o ser humano a se fechar mentalmente no egocentrismo e é este o motivo de tantas perturbações, transtornos climáticos, anormalidades, guerras, vícios de todos os tipos, pobreza, enfermidades, assassinatos, furtos, mentiras, enganos, difamações, pensamentos miseravelmente baixos, pensamentos raivosos, pensamentos invejosos, mal humor, julgamentos, críticas, sarcasmo, rejeição a tudo o que é bom e do bem.
Essas frequências baixas de consciência sempre trazem à tona o reflexo em espelhos das circunstâncias e das reações emocionais. Que uma mente automatizada não consegue perceber e essas pessoas estão constantemente em altos e baixos em suas realizações e em suas esperanças se desiludindo e oscilando sempre entre alegria e tristeza. Muitas caem em disputas egoístas, sejam por bens materiais, intelectuais, emocionais, posses em geral.  Nesse estado não tem paz, vivem angustiadas, muitos são movidos pela ganância pela sede de poder e a vida vai se tornando um verdadeiro caos. Com isso vão atraindo partículas elétricas de pensamentos semelhantes aos seus e essas partículas se agarram a seus pensamentos, como uma mosca se agarra a uma teia de aranha e a luta de uma pessoa neste estado mental é muito lenta e dolorosa.

Por isso é necessário o autoconhecimento e uma boa orientação espiritual para trazer à tona a verdadeira essência do ser, que é DIVINA e CRIATIVA.  

Editado por Cleusa Cirillo

Auto percepção


(foto: slide/mente Psicólogo Jorge Barbosa)

O ser humano começa o seu caminho de autoconhecimento através da percepção de si mesmo. É somente ele que cria as qualidades de seu mundo interno. Ele pode estar em uma prisão ou no comando de uma nação, ele pode melhorar o seu ambiente irradiando sobre ele toda a força da vida que anima o seu pensamento com amor ou destruir tudo pelo ódio.
Portanto, o seu estado de consciência atrairá todas bênçãos ou toda a destruição. Com a auto percepção conseguimos entender as velhas crenças que estão fortemente enraizadas em nosso subconsciente. Com a percepção vemos o quanto somos manipulados por elas. Nossa consciência tece a realidade de uma forma baseada nas crenças que construímos nossa vida terrena. Portanto, é uma questão de urgência combater fortemente essas crenças, aí você se pergunta como fazer?
 Comece observando algumas dessas características negativas que muitas vezes repetimos automaticamente. Veja o quanto sua mente é crítica, perceba em que momento você usa o sarcasmo, o quanto você julga e denigre os outros, gera inimizades, se torna intolerante... quantas vezes você se viu tomada pelo ódio? Por ciúmes? O quanto você se agrediu e agrediu o outro? Quantas vezes você usou a falsidade para levar vantagens?
Auto percepção tem que ser feita de uma forma autêntica e verdadeira. Pois temos o hábito de jogar as nossas falhas encima do outro.