O RECONHECIMENTO E O CONTENTAMENTO


Quanto mais elevada e corajosa a disposição de viver a vida, executando com amor e empenho as tarefas que ela traz todos os dias, haverá um transbordamento nos níveis emocional, espiritual e físico e um contentamento tomará conta do ser que passará a reconhecer a si mesmo com muito mais consciência do sentido da vida.
Do contrário, aquele que furta as tarefas da própria vida em razão do medo e acomodação e quer permanecer na zona de conforto, nega o dom sagrado das experiencias da vida e se torna um ser amargo e descontente, que só reclama de tudo e de todos e não reconhece nada, nem a si mesmo.
O reconhecimento e o contentamento são as molas propulsoras que levam o ser humano de volta para sua origem divina e abrem o caminho para o progresso e as conquistas.

DESPERTAR DA ALMA PROFUNDA


"Na vida e no amor, não temos garantias... Portanto não procure por elas... viva o que tem que ser vivido... Sem medos ... O medo é um dos piores inimigos do amor e da felicidade... Você vai descobrir mais cedo ou mais tarde que o tempo pra ser feliz é curto, e cada instante que vai embora não volta mais." (Arnaldo Jabor)

É tempo de caminhar pelas trevas e pelo desafiador labirinto dos sentimentos e das emoções. É hora de reconhecer e expressar os verdadeiros sentimentos, aquele que se sente com o coração. Emoções são as reações dos sentimentos. Sentimentos reprimidos crescem e adoecem, preenchem o interior de lama e bloqueiam o fluxo da energia vital. A repressão na infância, traumas e negações podem conduzir o ser humano a clausura interior impedindo a expansão dos próprios sentimentos e desejos. Aceitar e compreender a si mesmo é a melhor terapia para tirar a alma profunda do sufoco e vazio. Quanto mais aprender a aceitar e respeitar os seus sentimentos, mais seguro se tornará para expressá-los. Ser autêntico é ser verdadeiro consigo mesmo, se confidenciando sem medo de qualquer julgamento.

O MEDO DA DERROTA


O medo de ser derrotado por vezes te domina? Ele pode estar ligado a relacionamentos, profissional, família, financeiro, etc. Este é o medo de perder o controle, de experimentar a sensação de que tudo lhe está escapando das mãos. O desafio de hoje é dar espaço  à sua própria objetividade e lucidez, apesar do medo da derrota. Hoje seu espirito entra em batalha para tentar vencer este medo. Ele também o torna prudente, pois lhe permite ficar atento a armadilhas da vida, porém não pode te dominar e estagnar seus projetos.
Aceite seu medo e permita que ele se dissipe.

Frase de afirmação: "Pela força da minha origem Divina eu resgato a minha luz, e com a força dessa luz eu dissipo todo o medo e negatividade dentro de mim e ao meu redor."

INDIVIDUALIDADE


"...Posso optar
Não existe autoridade
mais elevada do que a minha
meu poder de discernimento é finamente aguçado
Tenho autonomia
Estou livre da influência 
da opinião dos outros
Sou capaz de separar
o que precisa de separação..."

Você está somente a serviço dos outros sem certificar-se de que conseguiu o que necessita para si mesma? Não tem tempo ou espaço só seu? Os limites da individualidade parecem difusos e indistintos? Você sente que não tem direito a sua personalidade própria, mas deve sempre pensar nos outros, colocando-os em primeiro plano, até não saber mais que é e nem o que quer? 

É hora de ser você mesma. A carta de Ártemis atirou uma seta de individualidade na sua vida para ajudá-la a concentrar-se em si mesma. Está na hora de ouvir sua voz interior sobre suas próprias necessidades. Resgata a si mesma, celebre e fortaleça sua alma e seu espirito. Honre, respeite e dedique tempo pra você. Ponha foco nos seus objetivos, ponha foco nos seus sonhos, ponha foco em si mesma.
O ser humano é dual em sua vibrações, sejam elas positivas ou negativas, mas é individual na sua razão de ser. Quando precisa tomar suas decisões e seguir seu caminho, somente você, exclusivamente você, saberá o que realmente te faz bem. Deus deseja nossa felicidade, por mais que venhamos a cometer erros, o importante sempre é a experiência. Sua verdade somente você conseguirá definir ao longo de sua vida.

O VALOR DA COMPREENSÃO



Conseguimos reconhecer o lado bonito das pessoas quando temos dentro de nós a mesma beleza.
Isso não acontece apenas ao belo, mas também em relação ao bem, pois só conseguimos ver realmente a bondade no outro quando compreendemos dentro de nós.

O inverso é o mesmo, pois quando cultivamos o amargor, a crítica, a inveja e o rancor só conseguimos ver isso no outro. No entanto, o que devemos considerar é o fato de que vemos a bondade ou a maldade no outro influenciado pelos nossos hábitos mentais. Em todos os seres humanos existem qualidades positivas e negativas, o que muda é a nossa compreensão. Se compreendermos os motivos de tantas negatividades e maldades passamos a respeitar o outro mesmo que não concordamos com suas atitudes. Quanto mais compreensão da grandeza Divina em nós, mais compartilhamos a beleza, a bondade e a verdade.
https://www.facebook.com/EspacoCleusaCirillo/

PENSAMENTO NEGATIVO



Atente-se para a insanidade, corações partidos, medo da energia destrutiva da raiva acumulada e de todos os pensamentos negativos.

Pensamentos negativos, ou negativismo é uma forma muito ruim de atrair para si um ambiente desfavorável as conquistas e boas relações. Confusão mental, desequilíbrio emocional e falta de alegria são características comuns do pensamento negativo. A pessoa que se fecha nesse negativismo apaga sua luz interior  destruindo o amor por sim mesmo e pelos outros. Fecha o coração de tal forma que passa a ser prisioneiro da seu negativismo. Com o tempo vai dilacerando sua alma, perdendo o equilíbrio e a razão de viver. O estado negativo pode tomar conta de tal maneira que vai destruindo a vida externa da pessoa, como: a vida financeira, perda de bens, destruição familiar e fecha-se a todo tipo de privação. 
O que leva a pessoa a ficar nessa condição é o medo que se apossa de sua alma, consequentemente domina seu mental.
https://www.facebook.com/cleusa.cirillo

A beleza da criação de Deus

https://www.facebook.com/cleusa.cirillo
A beleza da criação de Deus está na pureza que trazemos na alma ao nascermos. Nossas experiências passadas podem ter limitado nossa habilidade de ver as coisas lindas que Deus criou para desfrutarmos inclusive o próprio Ser Humano.
Quando somos abusados ou molestados sexualmente, nossos limites legítimos foram destruidos. A experiência sexual torna-se uma experiência negativa de dor e medo. Se entendermos a beleza do ato sexual quando é feito com Amor e Respeito passamos a ver a beleza do que nos foi tirado: o amor físico que é bonito e livre de vergonha, inclusive aos olhos de Deus. O sexo se torna banalizado e animalizado quando a pessoa busca o prazer somente no instinto, ocorre quando o ser humano usa o outro apenas para satisfazer seus desejos bestiais não se importando com o outro. Neste caso todo ódio e vingança é transferido para o parceiro(a) e torna a vida do outro um inferno de tortura e dor.